Edgar Koetz

Edgar Koetz

Porto Alegre, Rio Grande do Sul, 1914.

Porto Alegre, Rio Grande do Sul, 1969.

Edgar Koetz, desenhista, gravador, ilustrador, artista gráfico e pintor.

Dedicou-se, ao longo de sua carreira, ao desenho, à gravura e às artes gráficas. Fez parte do grupo de artistas gráficos que como capista e ilustrador, trabalhou para a Editora Globo, famosa por possuir uma seção de desenho dirigida pelo artista gráfico alemão Ernest Zeuner. Foi o capista predileto de Erico Verissimo, e atuou também na criação publicitária.

Autodidata, foi um dos fundadores da Associação Riograndense de Artes Plásticas Francisco Lisboa, em 1938, do Clube de Gravura de Porto Alegre, em 1950; e do Clube de Gravura de Bagé, em 1952. Foi um dos responsáveis pela abertura e atualização da arte gaúcha. Em 1945, passou a residir em Buenos Aires – na época o maior centro editorial da América Latina. Lá expôs e recebeu um prêmio da Câmara Argentina do Livro como artista gráfico pelo trabalho realizado na obra Juarez Maximiliano, de Franz Werfelpor.

Na área educacional, trabalhou como professor de desenho na Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), ministrou cursos no Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro (MAM/RJ) e participou da fundação da Escola Superior de Propaganda de São Paulo e ministrou cursos no Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro. Foi o autor do selo comemorativo do IV Centenário da Cidade de São Paulo. A temática de sua obra é quase exclusivamente urbana.

Desenhos e guaches do artista integram o acervo do MARGS e do Museu de La Plata.

 

 

***Retirado de Itaú Cultural*** 

Obras

DESTAQUES DO ARTISTA